4 famílias de instrumentos musicais

Mendelssohn - Concert Piece No. 1 in F major Op. 113


Mendelssohn - Concert Piece No. 1 in F major for clarinet, basset horn, & piano/orchestra, Op. 113


Compositor Mendelssohn, Felix
Opus / Número de catálogo Op.113
Número do catálogo IFM 69
Chave Fá menor

Felix Mendelssohn (1809 - 1847) escreveu a Concertpiece No. 1 em Fá menor, op. 113 para clarinete, Basset Horn e piano depois de conhecer Heinrich Baermann em 1829. 

A peça estreou em 1833 com Baermann no clarinete, seu filho Carl Baermann no basset e Mendelssohn no piano. Ambas as peças de concerto são tecnicamente desafiadoras, mas idiomáticas e divertidas de tocar. Peças solo incluídas: Clarinete Bb, Basset, Fagote / Violoncelo

Para compositores, comissões ou dedicações de obras poderiam render, na maioria das vezes em dinheiro ou objetos de valor, em ocasiões também em cargos ou pensões anuais. Por outro lado, compor uma peça musical em troca da preparação de uma refeição seria, no entanto, muito incomum. Mas a máxima de um "prato favorito para uma peça de música favorita" se aplica de fato à gênese da peça de concerto de Mendelssohn na F Minor Op. 113 (MWV Q 23) para clarinete, buzina e piano.

Movimentos / Seções Movimentos / 3 seções:


  • Allegro con fuoco
  • Andante
  • Presto

Ano / Data da Composição A 1832 (30 de dezembro), versão para piano
1833 (6 de janeiro), orquestração
Primeiro desempenho 1833-01-01
Dedicação Heinrich Baermann e Carl Baermann
Média de duração 8 minutos
Compositor Período Romântico
Estilo da peça Romântico
Instrumentação original: clarinete, corneta, piano 
orquestração do compositor: clarinete, corneta, orquestra


Fonte:
https://imslp.org/wiki/Konzertst%C3%BCck_No.1%2C_Op.113_(Mendelssohn%2C_Felix)
https://www.mmimports.com/product/mendelssohn-2-concert-pieces-op-113-114-2-clarinets-piano-clarinet-basset-horn-piano/

Prova de Teoria Musical, com gabarito

Prova de Teoria Musical para iniciantes


1) Na clave de fá, a nota ré corresponde à seguinte linha (de baixo para cima):
(A) 1ª
(B) 2ª
(C) 3ª
(D) 4ª

2) O acorde dominante corresponde ao seguinte grau da escala:
(A) I;
(B) III;
(C) IV;
(D) V.

3) Quantas quiálteras de 3 cabem num compasso quaternário, tendo a semínima como unidade de tempo?
(A) 6;
(B) 1;
(C) 4;
(D) 3.

4) A duração da mínima é:
(A) o dobro da semínima;
(B) metade da semínima;
(C) o dobro da semibreve;
(D) metade da breve.

5) Quantos semitons formam um intervalo de terça menor?
(A) 4;
(B) 5;
(C) 6;
(D) 3.


6) Considerando o compasso composto 6/8, que figuras completam-no corretamente?
x(A) duas semínimas pontuadas;
(B) seis semínimas;
(C) oito colcheias;
(D) duas mínimas pontuadas

7) Quantos sustenidos (#) compõem a armadura de sol maior?
(A) 3;
(B) 1;
(C) 2;
(D) 4.

8) A definição de “trítono” é:
(A) canto a três vozes;
(B) intervalo de 4ª aumentada;
(C) terças em uníssono;
(D) intervalo de três semitons.

9) O tom relativo de Dó maior é o:
(A) Dó menor;
(B) Ré maior;
(C) Si b menor;
(D) Lá menor.

10) Numa partitura com dois bemóis (b) na armadura,
podemos deduzir que o tom será:
(A) Si b maior ou Sol menor;
(B) Si maior ou Sol menor;
(C) Mi b maior ou Dó menor;
(D) Mi maior ou Dó b menor.

11) A seguinte escala sobe diferente de sua descida:
(A) escala menor natural;
(B) escala menor harmônica;
(C) escala menor melódica;
(D) escala menor dissonante.

12) Em relação à “fermata” é correto afirmar que:
(A) diminui metade do valor da nota;
(B) aumenta a duração da nota, ficando esta a critério do
intérprete ou do regente;
(C) aumenta meio tom da nota original;
(D) diminui meio tom da nota original.

13) Complete a sequência da escala de Sol maior:
Sol - lá - si - dó - (...) - (...) - (...) - (...)
(A) réᵇ - mi - fá# - sol;
(B) ré - mi - fá# - sol;
(C) ré# - mi - fá - sol;
(D) réᵇ - mi - fá – sol.

14) O estilo rock é fundamentalmente:
(A) quaternário;
(B) ternário;
(C) binário;
(D) compasso composto.

15) O andamento que corresponde a aproximadamente 200 bpm é o:
(A) andante;
(B) prestíssimo;
(C) largo;
(D) adágio.

16) Complete de modo a formar um acorde dissonante:
Ré - (...) - (...)
(A) Ré - fá - lá;
(B) Ré - fá# - lá;
(C) Ré - fá# -lá#;
(D) Ré - solᵇ – lá.

17) Complete a escala cromática:
dó - dó# - ré - ré# - (...) – (...) – fá# - sol - sol# - lá
(A) miᵇ - mi;
(B) mi - fá;
(C) mi - fáᵇ;
(D) miᵇ - fá.

18) Complete a escala diatônica de Sol:
sol – lá – si – dó – ré – (...) – (...) – sol
(A) mi – fá#;
(B) mi - fá;
(C) mi# - fá;
(D) mi – fáᵇ.

19)Assinale o intervalo de segunda menor:
(A) sol - lá;
(B) sol - fá;
(C) sol - láᵇ;
(D) sol - siᵇ

20) O bequadro:
(A) eleva a nota em meio tom;
(B) retorna a nota ao som natural;
(C) apaga a nota;
(D) prolonga a nota.

21) O grau que modifica o modo de uma tonalidade é:
(A) 1º
(B) 3ª
(C) 5ª
(D) 7ª

pdf
Prova de Teoria Musical para iniciantes

GABARITO DAS QUESTÕES DE TEORIA MUSICAL


1.C
2.D
3.A
4.A
5.D
6.A
7.B
8.B
9.D
10.A
11.C
12.B
13.B
14.A
15.B
16.C
17.B
18.A
19.C
20.B
21.B

Fonte: PMAM/2011

8 exemplos de tempos musicais




8 exemplos de tempos musicais

tempos musicais


  • Presto
  • muito rápido (168–200 bpm)
  • Allegro
  • rápido e brilhante (120–168 bpm)
  • Allegretto
  • moderadamente rápido
  • Moderato
  • moderadamente (108-120 bpm)
  • Andante
  • em ritmo de caminhada (76-108 bpm)
  • Adagio
  • lento e imponente (66–76 bpm)
  • Grave
  • lento e solene
  • Lento
  • muito lento (40–60 bpm)


Fonte:
https://www.harlan-ind.k12.ky.us/userfiles/909/Classes/407/0-Basic Elements of Music-Teacher.ppt

Exercícios de Teoria Musical, com gabarito.


Exercícios de Teoria Musical, com gabarito.


1. (FEPESE/IÇARA) A extensão entre a nota mais grave e a mais aguda que uma pessoa pode alcançar quando canta, é conhecida como:
a. ( ) Estilo.
b. ( X ) Tessitura.
c. ( ) Harmonia.
d. ( ) Frequência.
e. ( ) Ressonância.


2. (FEPESE/IÇARA)O elemento estrutural da música que permite distinguir a voz das pessoas e o som dos instrumentos, mesmo que estejam produzindo a mesma nota com a mesma altura e a mesma intensidade, é denominado:
a. ( X ) Timbre.
b. ( ) Duração.
c. ( ) Densidade.
d. ( ) Forma.
e. ( ) Ritmo.

3. (FEPESE/IÇARA)Na organização de diferentes arranjos musicais para o ensino e a execução, o ato de reescrever uma peça feita para numerosos instrumentos, de modo que possa ser tocada por um só instrumento ou por um conjunto de câmara, pode ser definido como:
a. ( ) Releitura.
b. ( ) Transcrição.
c. ( ) Orquestração.
d. ( ) Modulação.
e. ( X ) Redução.

4. (FEPESE/IÇARA)A mistura composta de sons distintos, cuja diferença de frequência é predominantemente menor que os sons mais graves, ainda audíveis, pode ser mais bem definida como:
a. ( ) Som.
b. ( X ) Ruído.
c. ( ) Barulho.
d. ( ) Acordes.
e. ( ) Bloco sonoro.

24. (FEPESE/IÇARA)Conforme os estudos contemporâneos o desenvolvimento da educação musical acontece através de:
a. ( ) Leitura, Escrita musical, Improvisação.
b. ( ) Audição, Repetição e Transcrição sonora.
c. ( X ) Percepção, Criação e Execução de elementos sonoros.
d. ( ) Transcrição, Improvisação e Execução coletiva.
e. ( ) Pesquisa sonora, Análise descritiva e Criação estética.

5. (FEPESE/IÇARA)A partitura pode ser descrita como:
a. ( ) Marcação do compasso da música durante a sua execução.
b. ( ) Conjunto das relações de valores de duração da estrutura musical.
c. ( ) Valores de duração subjugada ou não, a uma ordem métrica.
d. ( X ) Escrita em papel das partes vocais e instrumentais de uma composição.
e. ( ) Criação da música no momento em que a estão tocando ou cantando.

6 - Numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a da esquerda.
1. Semitom.
2. Sustenido.
3. Bequadro.
4. Trítono.
( ) Divide a oitava musical ao meio.
( ) É a menor distância entre duas notas.
( ) Eleva meio tom para o agudo.
( ) Anula efeitos de sustenido e bemol.
Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta da coluna da direita, de cima para baixo.
a) 2 – 1 – 3 – 4.
b) 1 – 4 – 2 – 3.
c) 4 – 1 – 3 – 2.
d) 2 – 4 – 3 – 1.
►e) 4 – 1 – 2 – 3.

Com base na figura a seguir e nos conhecimentos sobre harmonia, ritmo, métrica e leitura em clave de sol e fá, responda


7 - Identifique as alternativas abaixo como verdadeiras (V) ou falsas (F):
( ) 1 mínima = 4 colcheias; 1 mínima = 4 fusas + 1 semínima pontuada.
( ) O compasso binário composto 6/8 possui 2 pulsações principais com subdivisões binárias.
( ) A quiáltera permite subdivisões (de um pulso) diferentes da subdivisão binária.
( ) No exemplo acima, temos respectivamente: compassos composto binário e quaternário, compasso composto ternário.
( ) 6/8 é um compasso binário composto, assim como 2/4 é um compasso binário simples.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
a) V – V – F – V – F.
b) F – V – F – V – F.
c) V – F – V – V – F.
d) F – V – V – F – V.
►e) V – F – V – F – V.


8. (IBADE)Observe os intervalos abaixo. A alternativa correta é:
x(A) a terça maior é formada por 2 tons.
(B) a quinta justa é formada por 4 tons.
(C) a oitava é formada por 7 tons.
(D) a quarta justa é formada por 3 tons e meio.
(E) a quinta aumentada é formada por 7 tons.

9. (IBADE) A tonalidade de Lá Maior e seu homônimo têm
armaduras com, respectivamente:
(A) 3 sustenidos e 3 sustenidos.
(B) 2 sustenidos e 3 sustenidos.
(C) 1 sustenido e nenhum sustenido.
x(D) 3 sustenidos e nenhum sustenido.
(E) 2 sustenidos e 1 sustenido.

10. (IBADE) Um acorde maior é formado por:
(A) tônica, terça menor e quinta justa.
(B) tônica, terça maior e quinta diminuta.
(C) tônica, terça aumentada e quinta aumentada.
(D) tônica, terça maior e quinta maior.
x(E) tônica, terça maior e quinta justa.


Exercícios sobre Mesa de Som e Microfones

Exercícios sobre Mesa de Som e Microfones e Pro Tools

Exercícios sobre Mesa de Som e Microfones



Com base no texto a seguir e nos conhecimentos de microfone, responda às questões 31, 32, 33 e 34.

Para lidar com a ampla variedade das circunstâncias musicais, acústicas e situacionais que talvez surjam (sem mencionar seu gosto musical), vários tipos, estilos e modelos de microfone podem ser sacados da nossa ‘caixa de ferramentas sônica’. Por causa das características específicas de um microfone que poderiam ser mais adequadas para uma variedade específica de aplicações,
engenheiros e produtores usam seus talentos artísticos no sentido de obter o melhor som possível de uma fonte acústica escolhendo cuidadosamente um ou mais microfones que atendem à aplicação de captação específica em questão.

31 - Em relação aos tipos de microfones, assinale a alternativa correta.
►a) Por apresentarem vasta resposta plana de frequências e alta sensibilidade, os microfones condensadores são os preferidos para gravar música orquestral pelos engenheiros de som especializados.
b) Os microfones mais utilizados em estúdios de gravação e na indústria fonográfica em geral são do tipo ‘dinâmico’ e ‘condensador’. Exemplos de marca e modelo destes microfones são, respectivamente, Neumann TLM102 e AKG 414.
c) Microfones de piezo (ou de contato) são muito utilizados para a gravação de pianos verticais, por apresentarem superioridade na qualidade de captação de timbre se comparados com os condensadores.
d) O microfone de fita, muito popular nos anos 80 por meio do fabricante Tascam, apresenta um dispositivo de gravação portátil em fita cassete. Este modelo caiu em desuso com a eventual ascensão do CD e DVD.
e) Os microfones de fita e dinâmico necessitam de energia fantasma (‘phantom power’) para funcionarem adequadamente.

32 - Em relação à captação instrumental, assinale a alternativa correta.
a) Na captação de som, em geral, quanto mais distantes os microfones em relação à fonte sonora, maior o nível de intensidade do som direto.
b) Para garantir um isolamento acústico adequado e melhor acústica interna, todo estúdio profissional possui uma câmara anecoica para gravação, por conta da reverberação natural que se cria dentro desta sala especial.
c) O microfone dinâmico Shure SM57 fez fama nos estúdios de gravação pela sua resposta de frequência plana, extensa gama de frequências (20Hz a 20kHz) e baixo custo.
►d) Microfones ‘spot’ ou de ‘acento’ são utilizados em gravação de orquestra para enfatizar o timbre de um determinado naipe de instrumentos.
e) ‘Room mics’ ou microfones de ambientes são utilizados exclusivamente na captação de áudio para filmes.

33 - Em relação à captação estereofônica (dois microfones idênticos – par), identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):
( ) Com uma estrutura que lembra uma ‘árvore de Natal’, assim como afirmou o engenheiro Arthur Haddy, o posicionamento de microfones ‘Decca tree’ foi elaborado na década de 50 e foi inicialmente desenvolvido para a captação de orquestra.
( ) Se comparado com ORTF (par espaçado), o método de captação XY é o que melhor resolve o problema de cancelamento por fase, justamente pelos dois diafragmas dos microfones estarem alinhados no mesmo eixo vertical (o som chega ao mesmo tempo nos dois microfones).
( ) M/S é um tipo de posicionamento de microfones para captação surround em 5.1.
( ) O método de captação Blumlein é um exemplo de captação com par coincidente.
( ) O sistema de captação DIN (Deutsches Institut für Normung) utiliza como princípio de captação a coincidência de posicionamento vertical dos diafragmas. É portanto um par coincidente.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
►a) V – V – F – V – F.
b) V – F – F – V – V.
c) F – V – V – F – F.
d) V – V – V – F – F.
e) F – F – V – V – V.

34 - Assinale a alternativa correta.
a) Um microfone cardioide capta o som esfericamente (360º) com uma resposta plana em todos os ângulos.
b) Microfones figura-de-8 necessitam de cabo estéreo por se tratar de microfones bidirecionais, isto é, com dois diafragmas e portando com duas saídas XLR independentes.
c) É comum um microfone dinâmico captar até 30kHz, pois os fabricantes entendem como essencial a captação de altos harmônicos (acima de 10kHz) como fator primordial para um sistema de gravação de alta fidelidade. Um exemplo deste microfone é o Shure SM57.
d) Microfones omnidirecionais rejeitam sons laterais.
►e) Microfones com resposta de frequência plana tendem a uma melhor representação do som, em se tratando da fidelidade e da autenticidade em relação à fonte sonora original.


Com base nos conhecimentos de mesa de som, responda às questões 35 e 36.

35 - (UFPR)Assinale a alternativa correta.
a) (UFPR) A mesa de som Yamaha 01v96i é uma mesa analógica com 96 canais.
►b) A função principal de cada mesa de som é misturar os vários canais (8, 16, 32, etc.) em um canal estéreo.
c) A função ‘pan’ altera a equalização do som.
d) Microfones condensadores funcionam em mesas de som sem ‘phantom power’ desde que haja entrada XLR.
e) Toda mesa de som apresenta, no mínimo, saída quadrifônica independente.

36 - (UFPR)Em se tratando de um mixer em geral, assinale a alternativa correta.
a) Cada canal de entrada (Pre-amp para microfone) de uma mesa de som apresenta função ‘direct out’ balanceada.
b) Pre-amps (XLR) das mesas de som são conexões não balanceadas.
c) São fabricantes de mesa de som: Soundcraft, Behringer, Yamaha, Rode e Schoeps.
►d) Hoje é comum encontrarmos mesas de mixagem com interface de som (USB, FireWire) embutidas.
e) É comum rotear, a partir de uma mesa de som profissional, sinais de áudio por meio da conexão MIDI thru.

37 - (UFPR)Com base nos conhecimentos sobre Finale é correto afirmar.
a) O Finale é um software de notação musical e de edição de áudio.
►b) É possível exportar uma partitura do Finale para um sequenciador MIDI.
c) Apesar de operar em até 24bits/96kHz, o Finale não trabalha com funções MIDI.
d) São softwares similares ao Finale: Encore, Sibelius, Noteability, Pro Tools.
e) O Finale é um software de notação musical gráfica, isto é, não possui funções de transposição, apenas habilidades gráficas.

Com base nos conhecimentos de Pro Tools, responda às questões 38, 39 e 40.

38 - (UFPR)Assinale a alternativa correta.
a) O Pro Tools é um software especializado em síntese sonora.
b) O Pro Tools SE opera apenas com plug-ins do tipo AU (audio units).
►c) O Pro Tools HD opera com plug-ins do tipo RTA e TDM.
d) O Pro Tools versão 11 possui funções de composição algorítmica.
e) O Pro Tools LE opera apenas com plug-ins do tipo VST.

39 -(UFPR) Identifique as alternativas abaixo como verdadeiras (V) ou falsas (F):
( ) O Pro Tools é um sistema dedicado à gravação multipista. Não possui funções de edição de áudio, pois esta é normalmente realizada em softwares como SoundForge ou Audacity.
( ) Apesar de ser o principal software para gravação em estúdios no mundo, o Pro Tools não apresenta recursos para masterização.
( ) O Pro Tools permite hoje o funcionamento com interfaces de áudio de outras marcas, como MOTU e RME.
( ) Ainda não é possível gravar em Pro Tools com taxa de amostragem de 48kHz. Porém, o sistema de playback para mixagem permite a difusão em até 96kHz.
( ) O hardware C24, que complementa alguns sistemas Pro Tools da série HD, é uma mesa exclusiva para controle do software e não pode ser utilizado senão com o Pro Tools.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
a) V – F – V – V – F.
►b) F – F – V – F – V.
c) F – F – F – V – V.
d) V – V – F – V – F.
e) V – V – F – F – F.

40 - (UFPR)Assinale a alternativa correta.
a) Assim como o Logic Pro, o Pro Tools HD não opera mais em plataforma Windows desde a versão 10. Funciona apenas em Macintosh 10.6 (Pro Tools 10) ou 10.7 e 10.8 (Pro Tools 11).
►b) A Digidesign, antiga empresa que desenvolvia o Pro Tools – hoje parte da Avid –, oferece em linhas gerais 3 tipos de Pro Tools: uma versão básica (LE, SE), versão standard (Pro Tools 9, Pro Tools 10...) e uma versão profissional (Pro Tools HD).
c) No Pro Tools o usuário deve trabalhar em ambiente MIDI ou Áudio, pois ambas as funções não funcionam paralelamente e nem simultaneamente. Essa característica é proposital, uma vez que a Avid/Digidesign visa a qualidade de áudio e limita o uso do Pro Tools para um ou para outro.
d) Sessões iniciadas em Pro Tools LE ou SE não são compatíveis na versão HD, uma vez que esta possui resolução superior e portanto incompatível. e) Plug-ins AU (audio units) são de funcionamento nativo em sistemas Pro Tools.

10 Definições interessantes usadas na música

10 Definições interessantes usadas na música


  1. Frequência - número de vibrações por segundo
  2. Afinação - a avaliação da frequência pelo ouvinte
  3. Tom - um som que dura o tempo suficiente e é estável o suficiente para ter tom, qualidade e volume
  4. Oitava - mesma nota (tom), frequência dobrada
  5. Escala - o padrão usado para percorrer uma oitava.
  6. Amplitude - distância entre max e min
  7. Comprimento de onda - distância percorrida em um ciclo
  8. Período - tempo para concluir um comprimento de onda
  9. Loudness - avaliação da amplitude pelo ouvinte
  10. Tom puro - frequência e amplitude constantes (cria a onda senoidal)
Definições interessantes usadas na música

Fonte
https://math.rice.edu/~nsfmli/presentations/math and music folder/Math and music.ppt

11 Temas para fazer análise de Música Clássica


11 Temas para fazer análise de Música Clássica


#1 C min Fuga de WTC
#2 The Blues
#3 Primeiro movimento de qualquer quarteto de cordas clássico
#4 “Marche” from L'Histoire
#5 Bartok: “Evening in the Country”
#6 Beethoven Minuet
#7 Terceiro movimento de qualquer quarteto de cordas clássico
#8 Recitative and Aria from Purcell: Dido & Aeneus
#9 Kyrie from Bach's Mass In B minor
#10 Stravinsky: Fanfarra para 2 trumpets
#11 Josquin: Tu pauperum refugium

 11 Temas para fazer análise de Música Clássica

.
Tecnologia do Blogger.

 

João 3 16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

voltar